O que pode correr mal num SOTA (IV)

Hoje, em CT/MN-026 Alto do Gião, estava como se pode ver no vídeo

Curiosamente, à medida e que o tempo ia passando; i.e., o Sol ia subindo no horizonte e aquecendo a moleirinha, a intensidade do QRM foi descendo de S9+20dB para S7/S8, o que me permitiu fazer 12 QSOs no 40 metros com Portugal, Espanha e Itália.

73 de CT7AFR, Emmanuel.